motoactv coupon Nest Thermostat Discount Fitbit Coupon Bose Soundlink Coupon jawbone coupon Medialink wireless N router cheap roku 2 xs Bowflex Selecttech 552 discount p90x cheap bowflex selecttech 552 best price cleaning microfiber cleaning

Yoshiya Takaoka

OBRAS DO ARTISTA

 

Yoshuiya Takaoka 100109

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BIOGRAFIA

 

Yoshiya Takaoka (Tóquio, Japão 1909 – São Paulo SP 1978)

Pintor, desenhista, caricaturista, cenógrafo.

 

Aprende pintura com Shin Kurihara, em Tóquio, entre 1921 e 1925. Em 1925, vem com a família para o Brasil para trabalhar na lavoura de café. Atua como pintor de paredes e caricaturista. Em São Paulo, de 1926 a 1929, cursa a Escola Profissional Masculina do Brás e, a partir de 1931, freqüenta o Grupo Santa Helena. Transfere-se, em 1934, para o Rio de Janeiro, onde aperfeiçoa sua pintura com Bruno Lechowski (1887 – 1941) e na Escola Nacional de Belas Artes – Enba. Integra o Núcleo Bernardelli ao lado de José Pancetti (1902 – 1958), Edson Motta (1910 – 1981) e Milton Dacosta (1915 – 1988), entre outros. Participa de sua quarta exposição, em 1935. Nesse ano, faz parte do Grupo Seibi, de São Paulo, formado por artistas de origem japonesa. Volta a viver na capital paulista em 1944. Em 1948, forma o Grupo 15 ou “do Jacaré”, com Tomoo Handa (1906 – 1996), Tamaki (1916 – 1979), Flavio-Shiró (1928), Antônio Carelli (1926), Geraldo de Barros (1923 – 1998) e outros. De 1950 a 1959, integra o Grupo Guanabara, em São Paulo. Participa das edições de 1951 e 1959 da Bienal Internacional de São Paulo. Entre 1952 e 1954, vive em Paris, onde freqüenta a Académie de la Grande Chaumière e estuda mosaico com Gino Severini (1883 – 1966), no curso Leonardo da Vinci. Participa da 1ª Bienal de Tóquio, em 1953. O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – Masp faz mostra em sua homenagem em 1955 e 1980.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

1936 – Rio de Janeiro RJ – Individual, no Palace Hotel
1937 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Le Connoisseur
1948 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Domus
1948 – Curitiba PR – Individual
1952 – São Paulo SP – Individual, no Clube Cerejeira
1954 – São Paulo SP – Individual, no Salão do Cine Niterói
1956 – Rio de Janeiro RJ – Individual, na Galeria Dezon
1958 – Campos do Jordão SP – Individual
1961 – Belo Horizonte MG – Individual, no Automóvel Club
1962 – São Paulo SP – Individual, na Casa do Artista Plástico
1963 – São Paulo SP – Individual, na Casa dos Artista Plástico
1974 – São Paulo SP – Yoshiya Takaoka: óleos e aquarelas recentes, na A Ponte Galeria de Arte

EXPOSIÇÕES COLETIVAS

1935 – Rio de Janeiro RJ – Tamaki, Yoshiya Takaoka, na Livraria Le Connoisseur
1935 – Rio de Janeiro RJ – 4º Salão do Núcleo Bernardelli, na sede do Grupo no porão da ENBA
1937 – Rio de Janeiro RJ – 43º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA
1938 – Rio de Janeiro RJ – 44º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA – medalha de prata
1943 – Rio de Janeiro RJ – Exposição Anti-Eixo, no Museu Histórico e Diplomático – Palácio Itamaraty
1944 – Rio de Janeiro RJ – 1ª Exposição de Auto-Retratos, no MNBA
1946 – Rio de Janeiro RJ – Os Pintores vão à Escola do Povo, na ENBA
1946 – São Paulo SP – 12º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia – pequena medalha de prata
1946 – São Paulo SP – 10º Salão do Sindicato dos Artistas Plásticos, na Galeria Prestes Maia
1948 – São Paulo SP – 14º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia – prêmio aquisição Governador do Estado
1948 – Rio de Janeiro RJ – 54º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA
1949 – São Paulo SP – 15º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia
1949 – São Paulo SP – Exposição do Grupo 15, no IAB/SP. Departamento de São Paulo
1950 – São Paulo SP – 1ª Exposição do Grupo Guanabara, na Galeria Domus
1951 – São Paulo SP – 16º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia
1951 – São Paulo SP – 2ª Exposição do Grupo Guanabara, no no IAB/SP. Departamento de São Paulo
1951 – São Paulo SP – 1ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão do Trianon
1952 – São Paulo SP – 1º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, no Clube Sakura
1953 – Tóquio (Japão) – 2ª Bienal de Tóquio
1954 – Paris (França) – Salon de la Société Nationale de Beaux-Arts
1957 – São Paulo SP – 22º Salão Paulista de Belas Artes – Prêmio Prefeitura de São Paulo
1958 – São Paulo SP – 4ª Exposição do Grupo Guanabara, na ACM
1958 – São Paulo SP – 23º Salão Paulista de Belas Artes – Prêmio Assembléia Legislativa
1958 – São Paulo SP – 4º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, no Salão do Cine Niterói
1959 – São Paulo SP – 24º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Mais – Prêmio Prefeitura de São Paulo
1959 – São Paulo SP – 5ª Exposição do Grupo Guanabara, na ACM
1959 – São Paulo SP – 5ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão Ciccilo Matarazzo Sobrinho
1959 – São Paulo SP – 5º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, na Sociedade Paulista de Cultura Japonesa
1960 – São Paulo SP – Exposição dos Sete, no Salão da Cooperativa Agrícola de Cotia
1960 – São Paulo SP – 25º Salão Paulista de Belas Artes, na Galeria Prestes Maia – Prêmio Comendador Mario Dedini
1960 – São Paulo SP – 6º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, na Sociedade Paulista de Cultura Japonesa
1961 – São Paulo SP – 26º Salão Paulista de Belas Artes – pequena medalha de ouro
1961 – São Paulo SP – 10º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1962 – Bragança Paulista SP – Exposição dos Seis, no Clube Dois
1962 – São Paulo SP – 27º Salão Paulista de Belas Artes – 2º Prêmio Governo do Estado de São Paulo
1963 – São Paulo SP – 7º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, na Sociedade Paulista de Cultura Japonesa
1964 – São Paulo SP – 8º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, na Sociedade Paulista de Cultura Japonesa
1964 – Rio de Janeiro RJ – 8º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, no MAM/RJ
1964 – São Paulo SP – 29º Salão Paulista de Belas Artes – 1º Prêmio Governo do Estado de São Paulo
1965 – São Paulo SP – 9º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, na Sociedade Paulista de Cultura Japonesa
1965 – Washington (Estados Unidos) – Nippo-Brazilian Paintings Today
1965 – Oakland (Estados Unidos) – Nippo-Brazilian Paintings Today
1965 – Tóquio (Japão) – Nippo-Brazilian Paintings Today
1966 – São Paulo SP – 31º Salão Paulista de Belas Artes – grande medalha de ouro
1966 – São Paulo SP – 10º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, na Sociedade Paulista de Cultura Japonesa
1966 – São Paulo SP – Artistas Nipo-Brasileiros, no MAC/USP
1968 – São Paulo SP – 12º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa
1969 – São Paulo SP – 13º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa
1970 – São Paulo SP – 14º Salão do Grupo Seibi de Artistas Plásticos, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa
1971 – São Paulo SP – 36º Salão Paulista de Belas Artes – Prêmio Governador do Estado
1972 – São Paulo SP – 1º Salão Bunkyo, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa
1973 – São Paulo SP – 1ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1973 – Tóquio(Japão) – 1ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1973 – Osaka (Japão) – 1ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1973 – Atami (Japão) – 1ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1973 – Rio de Janeiro RJ – 1ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1973 – Brasília DF – 1ª Exposição de Belas Artes Brasil-Japão
1973 – São Paulo SP – Exposição de Pintura da Feira da Indústria Japonesa, no Palácio das Convenções do Anhembi
1973 – São Paulo SP – 2º Salão Bunkyo, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa
1974 – São Paulo SP – 3º Salão Bunkyo, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa
1975 – São Paulo SP – Coletiva, na Galeria Azulão
1975 – São Paulo SP – 4º Salão Bunkyo, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa
1976 – São Paulo SP – 5º Salão Bunkyo, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa
1977 – São Paulo SP – Os Grupos: a década de 40, no Museu Lasar Segall
1977 – São Paulo SP – Grupo Seibi – Grupo doSanta Helena: década de 35 a 45, no MAB-FAAP
1978 – São Paulo SP – A Arte e seus Processos: o papel como suporte, na Pinacoteca do Estado
1978 – São Paulo SP – Imigração 70, no Centro Campestre do Sesc

Fonte: Itaú Cultural