motoactv coupon Nest Thermostat Discount Fitbit Coupon Bose Soundlink Coupon jawbone coupon Medialink wireless N router cheap roku 2 xs Bowflex Selecttech 552 discount p90x cheap bowflex selecttech 552 best price cleaning microfiber cleaning

Darcy Penteado

OBRAS DO ARTISTA

O artista não possui obras em nosso acervo.

Se você possui obra(s) deste artista e gostaria de vendê-la, envie um e-mail para contato@altitgallery.com

 

BIOGRAFIA

 

Darcy PenteadoDarcy Penteado (São Roque SP 1926 – idem 1987)

Pintor, ilustrador, desenhista, cenógrafo, figurinista, designer, gravador e contista.

 

Integra o Grupo Novíssimos, em São Paulo, em 1948. No ano seguinte realiza a sua primeira exposição individual, na mesma cidade. Na década de 50, ganha o 1º prêmio do concurso para o cartaz da 1ª Bienal Internacional de São Paulo, recebe o Disco de Ouro na categoria de melhor desenhista de capa de discos e ganha vários prêmios como figurinista: melhor figurinista brasileiro da 2ª Exposição de Artes Plásticas do Teatro, na Bienal Internacional de São Paulo; Prêmio Governador do Estado; Prêmio Saci, da Associação Paulista de Críticos Teatrais; e diversos prêmios pelos figurinos realizados para a peça Pedreira das Almas. Em 1962, recebe o prêmio de melhor ilustrador do Ano, da Câmara Brasileira do Livro, pelas ilustrações do livro Cantos da Cabra Cega, de Marcel Aymé. Ilustra também os livros O País do Carnaval, de Jorge Amado, e Infância, de Graciliano Ramos. Como contista, ganha menção honrosa da revista Status, em 1977.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

1949 – São Paulo SP – Primeira individual
1954 – São Paulo SP – Individual, no MAM/SP
1955 – São Paulo SP – Individual, no MAM/SP
1956 – São Paulo SP – Individual, no MAM/SP
1960 – São Paulo SP – Individual, na Galeria São Luís
1960 – Belo Horizonte MG – Individual, no Museu de Arte de Belo Horizonte
1960 – Lisboa (Portugal) – Individual, no Cassino Estoril
1965 – Roma (Itália) – Individual, na Galeria Pogliani
1966 – Paris (França) – Individual, na Galeria Debret
1980 – São Paulo SP – Individual, na Itaugaleria
1983 – São Paulo SP – Individual, na Renato Magalhães Gouveia Escritório de Arte
1985 – São Paulo SP – Individual, na Galeria Alberto Bonfiglioli
1986 – São Paulo SP – Individual, na Galeria de Arte André

EXPOSIÇÕES COLETIVAS

1951 – São Paulo SP – 1º Salão Paulista de Arte Moderna
1952 – São Paulo SP – 2º Salão Paulista de Arte Moderna
1953 – São Paulo SP – 2ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão dos Estados
1954 – Rio de Janeiro RJ – Salão Nacional de Arte Moderna
1954 – Salvador BA – Salão Baiano de Belas Artes
1955 – Rio de Janeiro RJ – Salão Nacional de Arte Moderna
1955 – São Paulo SP – 3ª Bienal Internacional de São Paulo, no Pavilhão das Nações
1956 – Rio de Janeiro RJ – Salão Nacional de Arte Moderna
1957 – Rio de Janeiro RJ – Salão Nacional de Arte Moderna
1957 – São Paulo SP – 12 Artistas de São Paulo, na Galeria de Arte das Folhas
1957 – São Paulo SP – 1º Exposição das Artes Plásticas do Teatro, paralela à Bienal Internacional de São Paulo
1958 – Rio de Janeiro RJ – Salão Nacional de Arte Moderna
1959 – Rio de Janeiro RJ – Salão Nacional de Arte Moderna
1959 – São Paulo SP – 2ª Exposição das Artes Plásticas do Teatro, paralela à Bienal Internacional de São Paulo
1960 – Rio de Janeiro RJ – Salão Nacional de Arte Moderna
1960 – São Paulo SP – 9º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia
1961 – Córdoba (Argentina) – Mostra Desenhos e Gravuras de Jovens Artistas Brasileiros
1961 – Paris (França) – 2ª Bienal de Paris
1961 – Rio de Janeiro RJ – Salão Nacional de Arte Moderna
1961 – São Paulo SP – 10º Salão Paulista de Arte Moderna, na Galeria Prestes Maia – pequena medalha de prata
1961 – São Paulo SP – 3ª Exposição das Artes Plásticas do Teatro, paralela à Bienal Internacional de São Paulo
1963 – São Paulo SP – 4ª Exposição das Artes Plásticas do Teatro, paralela à Bienal Internacional de São Paulo
1963 – São Paulo SP – 7ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1964 – Hamburgo (Alemanha) – Mostra, na Casa Ibero-Americana
1965 – São Paulo SP – 8ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1966 – Rio de Janeiro RJ – Auto-Retratos, na Galeria Ibeu Copacabana
1967 – São Paulo SP – 9ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1969 – São Paulo SP – 1º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1973 – São Paulo SP – 12ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1973 – São Paulo SP – 5º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1974 – São Paulo SP – 6º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1975 – Penápolis SP – 1º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
1975 – São Paulo SP – 13ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1976 – Florianópolis SC – 3 artistas famosos: Corneille, Yarz, Darcy – Sala de Belvedere
1976 – Penápolis SP – 2º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
1977 – São Paulo SP – 9º Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP
1978 – Penápolis SP – 3º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
1978 – Rio de Janeiro RJ – 18ª Arte e Pensamento Ecológico, na Biblioteca Euclides da Cunha
1978 – São Paulo SP – 16ª Arte e Pensamento Ecológico, na Cetesb
1978 – São Paulo SP – 1ª Mostra do Móvel e do Objeto Inusitado, no Paço das Artes
1980 – Penápolis SP – 4º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
1982 – Penápolis SP – 5º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
1983 – Olinda PE – 2ª Exposição da Coleção Abelardo Rodrigues de Artes Plásticas, no MAC/Olinda
1983 – São Paulo SP – Avenida Paulista, na Galeria Sesc Paulista
1984 – São Paulo SP – Coletiva – Movimento das Artes
1984 – São Paulo SP – Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras, na Fundação Bienal
1985 – Penápolis SP – 6º Salão de Artes Plásticas da Noroeste, na Fundação Educacional de Penápolis. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis
1985 – Rio de Janeiro RJ – 8º Salão Nacional de Artes Plásticas, no MAM/RJ
1986 – Havana (Cuba) – Bienal de Havana
1987 – São Paulo SP – 20ª Exposição de Arte Contemporânea, na Chapel Art Show

Fonte: Itaú Cultural