motoactv coupon Nest Thermostat Discount Fitbit Coupon Bose Soundlink Coupon jawbone coupon Medialink wireless N router cheap roku 2 xs Bowflex Selecttech 552 discount p90x cheap bowflex selecttech 552 best price cleaning microfiber cleaning

Angelo Cannone

OBRAS DO ARTISTA

 

Angelo Cannone 103011  Angelo Cannone 10445

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BIOGRAFIA

 

Angelo Cannone (Abruzzo, Itália 1899 – Rio de Janeiro RJ 1992)

Pintor e desenhista.

 

Sua pintura vem de uma escola antiga, de uma raça de artista. Sejam as preferências de outra tendência ou estilos é difícil não gostar. Suas marinhas e paisagens refletem o espírito jovem e vivido, nelas encontramos o toque magistral do mestre nas transparências. Pintor. Começou a pintar aos oito anos de idade e se formou, ainda muito jovem, pelo Instituto de Belas Artes de Nápoles. Estudou com Paolo Vetri e, preparando as tintas e aprendendo técnica, auxiliou seu mestre na execução da pintura no teto do Salão Mor da Universidade de Nápoles, posteriormente destruída pelos americanos na II Guerra Mundial. Cannone sempre viveu da pintura.

Formado, obteve o título de Professor de Desenho e passou a dar aulas no Instituto Técnico: só deixou esta atividade quando a pintura começou a lhe absorver o tempo. Ao vencer um concurso em Nápoles, obteve uma pensão para viver em Roma durante quatro anos, e que cobria todas as despesas de viagem, estada e incluía um atelier. Durante o fascismo, segundo o próprio pintor, os artistas receberam um grande apoio para desenvolver seu trabalho, ao ser criado o Sindicato dos Profissionais Liberais e Artistas em 1924, e que funcionou até o fim da guerra.

Continuou a pintar mesmo durante este grave conflito, a II Guerra, quando já tinha uma família de sete filhos, entre eles o pintor Carolus (Carlo Cannone). Nesse período, o mercado consumidor de arte continuava excelente, pois muitos capitalistas, com medo da desvalorização do capital, procuravam apoiá-lo na compra de vários bens, inclusive quadros. Cannone chegou ao Brasil com a família em fins de 1947.Residiu em São Paulo, e depois transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde permanece até hoje.

Em recente depoimento, o artista declara que considera a pintura como a íntima manifestação dos seus sentimentos e emoções, e não do que ocorre circunstancialmente. “Quando estou no cavalete, estou como num sonho, não vejo ninguém e nada à minha volta”. Entre seus discípulos, o marinhista Antonio Carpentieri.

Os quadros de Cannone parecem humanos, o sentido comunicativo é grande que nos força a mirá-los constantemente. Prêmios: em 1922, Prêmio Viagem com a tela O Cego de Santa Brigida: em 1983, I Prêmio Viagem Artística Nacional; em 1925, I Prêmio do Instituto de Belas Artes de Nápoles e Prêmio Salvador Rosa; em 1926, Prêmio exposição de Reggio Calábria; em 1929, Medalha de Bronze pela Social do Abruzzo e Prêmio Cremona; em 1960, Medalha de Bronze pela Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro; em 1947, realizou várias exposições em São Paulo e no Rio de Janeiro na Galeria Europa; em 1972, pinta o retrato do Papa Pio X, em tamanho natural, que está na Igreja do Italianos – RJ; em 1973, expõe na Galeria San Marco – RJ; em 1980, na Galeria de Arte Domus.; e em 1984, Galeria Europa – RJ.