motoactv coupon Nest Thermostat Discount Fitbit Coupon Bose Soundlink Coupon jawbone coupon Medialink wireless N router cheap roku 2 xs Bowflex Selecttech 552 discount p90x cheap bowflex selecttech 552 best price cleaning microfiber cleaning

Alice Brill

OBRAS DA ARTISTA

O artista não possui obras em nosso acervo.

Se você possui obra(s) deste artista e gostaria de vendê-la, envie um e-mail para contato@altitgallery.com

 

BIOGRAFIA

 

alice brillAlice Brill (Colônia Alemanha 1920 – Itu  SP 2013)

Fotógrafa, pintora, gravadora, desenhista

 

Alice Brill Czapski vem para o Brasil em 1934, fugindo do nazismo. Frequenta o Grupo Santa Helena, em São Paulo, na primeira metade dos anos 1940. Entre 1946 e 1947, nos Estados Unidos, realiza cursos na University of New Mexico, em Albuquerque, e na Art Student’s League, em Nova York. Retorna ao Brasil, atua na revista Habitat, para a qual fotografa arquitetura e obras de artes, entre 1948 e 1960. A convite de Pietro Maria Bardi (1900 – 1999), diretor do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – Masp, realiza, em 1953 e 1954, grande trabalho fotográfico sobre o cotidiano na cidade de São Paulo. Sua atividade como fotógrafa ocorre principalmente entre 1948 e 1960. Paralelamente dedica-se à pintura a óleo, em obras que têm como tema a paisagem urbana. Em produção posterior aproxima-se da abstração. Forma-se em filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP, em 1976. Realiza mestrado em 1982, e doutorado em 1994 na Universidade de São Paulo – USP. Publica os livros Mario Zanini e Seu Tempo, 1984 e Samson Flexor – Do Figurativismo ao Abstracionismo, 1990, entre outros. Em 2005 é realizada a retrospectiva O Mundo de Alice Brill com parte de sua produção fotográfica, pertencente ao acervo do Instituto Moreira Salles.

 

COMENTÁRIO CRÍTICO

A pedido de Pietro Maria Bardi (1900 – 1999), diretor do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – Masp, Alice Brill realiza, entre 1953 e 1954, grande trabalho fotográfico sobre a cidade de São Paulo. Nessas imagens, a artista revela o espaço urbano e o cotidiano paulistano, como em Movimento na Rua Direita (ca.1953).

Desde o início da carreira, a artista dedica-se paralelamente à pintura a óleo, explorando também a paisagem urbana. Na década de 1960, destacam-se as pinturas que apresentam figuras humanas em casarios ou apartamentos, e revelam a solidão na metrópole. À estrutura marcada de suas telas, ela alia o uso apurado da cor, e cria inesperadas relações formais na paisagem. Em pinturas posteriores, mantém diálogo com a abstração, e explora as texturas em obras de riqueza tonal. Ao longo de sua carreira, Alice Brill realiza ainda pesquisas sobre artistas brasileiros, e publica textos sobre Mario Zanini (1907 – 1971) e Flexor (1907 – 1971), entre outros.

Fonte: Itaú Cultural